Terapia de Casal, para que?

Quando duas pessoas se amam sonham estar juntas a vida toda e, têm a certeza absoluta, de que serão felizes para sempre. Porém, os desafios do dia-a-dia, as contas a pagar, as diferenças pessoais, e muitas outras situações, transformam o sonho inicial em pesadelo. Não raro essas duas vidas que se juntam têm visões de mundo opostas, crenças e histórias familiares diferentes. E junto com o amor que sentem têm o desafio de aprender a conviver com toda a bagagem trazida pelo seu par e construir uma nova história baseada nos valores, crenças e histórias do novo casal. Logo após o casamento é necessário um período de adaptação. E para que isso ocorra, os dois precisam se dedicar com muita vontade e tolerância.  Nesta ocasião serão estabelecidas as bases que darão o suporte necessário ao equilíbrio do casal na interação principalmente com as famílias de origem, o grupo de amigos e de trabalho.

O casamento é uma relação muito delicada e alguns pontos são extremamente sensíveis a crise, tais como: as interferências das famílias de origem, divergências na maneira de educar os filhos, manutenção do prazer sexual, administração financeira, estabelecimento de projetos a dois, cultivar momentos de lazer, administrar as diferenças pessoais, manter os amigos, além da necessidade de se fazer uma boa reavaliação após uma traição. Um aspecto ou outro, e às vezes vários, atinge o casamento e coloca o casal em sofrimento.

Muitos casais não conseguem conversar sobre suas dificuldades e um abismo enorme se estabelece entre eles. Só o amor não tem o poder de resolver os impasses que surgem pela caminhada conjugal. Neste momento a busca pela Terapia de Casal pode ser fundamental para o redirecionamento da relação.

Alguns casais têm um receio enorme de iniciar um processo terapêutico por acreditar que a terapia pode levar a separação conjugal. O que é uma visão absolutamente equivocada. A Terapia de Casal ajudará na reconstrução da comunicação entre os parceiros e na limpeza do “lixo conjugal” acumulado ao longo da relação. Este processo terapêutico é importante e válido para todos os tipos de casamentos, tanto os heterossexuais quanto os homoafetivos. Sendo igualmente importante nos recasamentos, quando um, ou os dois cônjuges, vêm de casamentos anteriores e, muitas vezes, com filhos.

Em todos os casamentos as questões e conflitos assemelham-se. Também o tempo de duração do casamento não modifica muito os conflitos, só os torna crônicos.  Casados há muito tempo costumam deixar “congelado” o problema por vários anos, por medo de sofrer com um possível divórcio e a desestruturação da família.

A crise conjugal está entre os principais estressores na vida de uma pessoa, o que nos leva a concluir que a procura por terapia de casal, visa uma melhor qualidade de vida, principalmente nos momentos de crise. A terapia de casal vem se apresentando como um importante instrumento capaz de auxiliar no tratamento de quadros de depressão e, às vezes, pode ser mais eficaz que a própria medicação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s